Sábado 24 Fevereiro 2018

depoimentos

Romero Lubambo

Romero LubamboSempre me vem à lembrança aquela energia e inteligência que eram muito únicas do Nico. Sempre ligado e pronto para a música.

Nos conhecemos por volta de 1980. Me lembro que em 1982 eu comecei a tocar no Viro Da Ipiranga, Um Jazz Club no Rio em Larangeiras e Nico de vez em quando ia lá curtir. Eu toquei lá até 1985, quando me mudei para Nova York. Ele sempre esperto, inteligente e me colocando para cima.

Numa das minhas voltas ao Brasil, por volta de 1988, fui a uma festa em Ipanema, onde tinham muitos músicos bons e todos dando canja. Nico e eu tocamos juntos, e já ali, decidimos fazer um grupo. Com a ajuda do Junior Aguiar, juntos o Carlos Bala, Vidor Santiago (o Periquito na época), o Nico e eu, fizemos vários shows no antigo Mistura Fina, em Ipanema, e no Jazzmania. Foi sempre muito maravilhoso. Me orgulho muito daqueles shows até hoje. O Nico sempre aberto a sugestões e sempre com idéias super boas de músicas e de arranjos; e, claro, arrasando sempre.

Fizemos depois um DVD juntos chamado "Casa da Bossa" com Cesar Camargo Mariano, Teo Lima e um monte de cantores maravilhosos, incluindo Wilson Simonal, Erasmo Carlos, Leny Andrade e muitos mais. Foi ótimo. Nos dávamos muito bem e comigo ele era sempre muito amigo e sempre carinhoso.

Quando fizemos nosso primeiro show com o quarteto, o nivel de musicalidade e seriedade com que ele encarou a música me impressionou muito. Eu tambem respeito muito o palco e a música e Nico me inspirou para que eu fosse o melhor que eu pudesse ser. Me "empurrou" para cima. As músicas que escolhemos eram dificeis, algumas originais, Chick Corea, Charlie Parker, Edu Lobo etc... Foi muito especial.

Acho que devido à sua seriedade, mostrou de uma maneira excepcional que a música brasileira é uma coisa muito especial, muito linda e muito séria. Ele vai ser sempre inspiração para mim. Falei com ele até os dias em que ele estava hospitalizado e ele sempre falando que iria sair dali e iríamos tocar de novo.

Ele estava certo porque ele é parte de minha música para sempre...

Curriculum

Romero Lubambo nasceu no Rio de Janeiro em 1955 e estudou piano clássico e teoria musical desde muito novo. Mas, quando aos treze anos aprendeu a tocar violão, ele passou a se dedicar inteiramente a esse instrumento e largou o piano.

Romero LubamboLubambo se graduou em guitarra clássica na Escola de Música Villa-Lobos no Rio em 1978. Dois anos depois ele terminaria seu curso de engenharia mecânica na PUC-Rio.

Os ritmos e as melodias da música brasileira e o jazz americano sempre fascinaram Lubambo. Ele passou então a pesquisar intensamente e a desenvolver suas habilidades excepcionais,versatilidade e fluência tanto em jazz quanto em música brasileira.

Em 1985 ele deixou o Brasil e foi morar em New York, onde trabalhou com Astrud Gilberto durante quatro anos. Lubambo passou a trabalhar e gravar com artistas de renome como Diane Reeves, Michael Brecker, Al Jarreau, Kathleen Battle, Herbie Mann, Ivan Lins, Flora Purim e Airto, Paquito D’Rivera, Harry Belafonte, Grover Washington Jr., Leny Andrade e Cesar Camargo Mariano.